Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Antecipar o réveillon

por Dora Sofia, em 30.12.13

aqui publiquei o meu trabalho de réveillon, mas não quero deixar de mostrar-vos o caminho que vou percorrendo até chegar às coisas, por isso, deixem que vos avise, este post já devia ter sido escrito há um mês atrás {#emotions_dlg.tongue}.

Em Portugal, estamos todos a aprender a viver com menos dinheiro, por isso, este ano, tinha decidido, não havia lugar para vestidos novos. Foi então que pensei... Toda a gente tem um vestido preto (com um vestido preto, eu nunca me comprometo!)... e se o vestido preto tiver um toque de cor?

É um novo vestido preto {#emotions_dlg.happy}!

À ideia juntou-se o pedido de uma amiga. À ideia juntou-se a vontade de fazer qualquer coisa diferente. Fiz várias coisas que aqui vos mostro, mas quero deixar-vos dois apontamentos:

primeiro, aqui eu ainda não estava na minha fase de fotografia em modo manual (e nem sei se isso é bom ou mau, mas as fotos são as que temos...);

segundo, aqui eu ainda não tinha descoberto o crochet irlandês e nem imaginam como isso faz toda a diferença!).

 

Tudo começa sempre assim: montes de coisas em cima da mesa, linhas, peças feitas, peças por fazer, cores e mais cores...

 

 

 

Depois, vieram as cores únicas, a pedido, porque há muitas amigas com vestidos pretos... 

 

 

E o efeito, nos tais vestidos pretos:

 

 

 

 

 

E, por fim, a vontade a imperar. E , por fim, a fazer o que quero, sem ligar aos pedidos. Eis a razão por que não posso fazer trabalhos em crochet por encomenda - a imaginação é sempre grande demais e foge para lá das fronteiras do que me é pedido:

 

 

 

 

 Ah! estas aplicações foram fotografadas apenas com alfinetes, o que as deixa um pouco soltas, mas o efeito depois de cosidas é muito bom... e ainda podem ser usadas como colares!

 Gostam?

Autoria e outros dados (tags, etc)


De Vermelho Natal a Vermelho Réveillon

por Dora Sofia, em 26.12.13

Lembram-se que aqui há uns meses atrás recebemos este miminho dos senhores da COATS?

Pois... Também já sabem que por aqui as coisas têm o seu tempo e são elas que me vão conquistando e decidindo o que querem ser, por isso, depois de começado o cadeado inicial que iria dar origem ao colar, deixei-me ficar à espera que alguma inspiração me ganhasse!...

E ganhou!

 

 

Uns dias antes do Natal descobri algo por que me apaixonei: o crochet irlandês! E, depois, foi só deixar-me levar. ADORO! Usei a linha Anchor Freccia e a agulha Milward  1,50 do meu Kit Anchor Freccia Colorful World  e o resultado está à vista:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alguns pormenores:

 

 

 

 

 

 O Kit é uma prenda originalíssima para os dias de hoje em que o DIY impera, até porque as explicações dos gráficos são bastante simples! Porque não oferecer como prenda de Natal de última hora ou, melhor ainda. autooferecer-se{#emotions_dlg.happy}??

  

Nós, por cá, vamos, assim, antecipando o reveillon...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


De coração no Natal

por Dora Sofia, em 17.12.13

Adoro o Natal, adoro o meu Natal, com cheiro de filhós e barulho na casa!Adoro o Natal que quero ensinar aos meus filhos, adoro este Natal que é o tempo de dar e não, não!, o tempo de comprar. Adoro este Natal de pensar em pessoas e não, não!, em coisas. É este Natal que quero mostrar, partilhar e viver com os meus filhos: de alegrias e espera feita esperança.

 

Ensino aos meus filhos que, quando damos, temos de pensar em quem damos, e temos de pensar no quanto de nós damos. Um bocadinho do nosso tempo a fazer um desenho, um bocadinho de uma linha com uma conta a lembrar uma pulseira, uma palavra num papel gasto a cheirar a abraço.

E, então, envolvo-os nesta coisa meio tonta de fazer as prendinhas para todos aqueles em quem queremos ver um sorriso. Este ano, escolhemos corações: para as professoras, educadoras, auxiliares, cozinheiras... Porque, depois, eles encontram sempre mais alguém em quem querem ver um  sorriso. É este o espírito {#emotions_dlg.painatal}!!!

 

Comecei por fazer os modelitos

 

 

 

 

Juntámos uns pózinhos mágicos de "para a professora Isabel um botão", "para a Gina, uma conta brilhante", para a professora Cristina, umas linhas coloridas", "para a ViVi, uma flor"...

 

 

e deu nisto:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No fim, foi só embrulhar os coraçõezinhos da nossa meia de Natal!

 

 

 

 E é tão bom fazer o Natal! {#emotions_dlg.happy}

Autoria e outros dados (tags, etc)


caneleiras de viagem

por Dora Sofia, em 14.12.13

Os meus tempos de crochet não são roubados aos outros tempos e, entre tempos sem tempo, vou aproveitando os minutos para fazer gracinhas e prendinhas. Os tempos da minha última viagem resultaram nestas perneiras que a princesa adorou e passeou por todo o lado... 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, vou tentar fazer uma maiores que possam ser usadas por fora das botas e bem coloridas, como o crochet deve ser...

 

O esquema é muito simples:

8 correntinhas para começar e vira-se

7 pontos baixos a partir da 2ª correntinha a contar da agulha e vira-se;

duas correntes, mais 7 pontos altos e vira-se;

uma corrente, mais 7 pontos baixos e vira-se;

duas correntes, mais 7 pontos altos e vira-se...

Continuamos a alternar até conseguirmos a largura que queremos. Unimos com agulha de crochet ou de costura, é indiferente.

 

Fazemos no espaço dos pontos altos 3 correntes mais um ponto alto e continuamos no próximo espaço com dois pontos altos... Na carreira seguinta fazemos 3 correntes mais um ponto alto no espaço entre os dois pontos altos da carreira anterior e continuamos...

Fiz 7 carreiras de dois pontos altos e terminei com uma carreira de pontos baixos, em cada ponto da carreira anterior, uma carreira de pontos altos e outra carreira de pontos baixos.

 

Por fim, vira-se o trabalho e fazem-se leques nos espaços dos pontos altos. Eu fiz cinco pontos altos no mesmo espaço e ponto baixo no seguinte.

Se quiserem posso colocar um esquema dos meus {#emotions_dlg.tongue}.

Mas,  agora, agorinha, tenho algo novo entre mãos. Sabem como estes projetos me deixam feliz? Humm... Assim feliz{#emotions_dlg.happy}!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O outro lado da fotografia

por Dora Sofia, em 12.12.13

De paixão recém-nascida pela máquina fotográfica (e todos sabem como são únicas e envolventes as novas paixões!!), percebi que, afinal, as histórias não estão só na minha cabeça, que, afinal, as palavras não são o meu único outro lado. Há um mundo infinito de histórias a acontecer do outro lado da objetiva. Querem ver??

 

Gatos de praia

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

Que história inspiradora, não é? Momentos tão deliciosos, presos na objetiva. Estou a aprender a gostar disto, destas histórias, destes instantes.

 

O que é que isto tem a ver com crochet? Bem , na realidade, tudo. É o outro lado do crochet!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


E tu, onde é que fazes o teu croché? (6)

por Dora Sofia, em 10.12.13

Sou uma eterna apaixonada. 

Conseguem ver isso nas minhas fotografias a crochetar por aí? Conseguem sentir que eu adoro os sítios onde faço crochet?

 

Aqui fica mais um momento bom:

 

 (Praia de Mira, 8.12.13)

 

é uma quase repetição, bem sei, mas a minha alma vive dividida entre estes dois amores - a terra e o mar.

 

Desde as planícies alentejanas de terra multicolorida às praias vicentinas para perder o olhar; desde as cachoeiras do Gerês às areias do Algarve... desde os jardins do Palácio da Pena à Foz do Arelho... adoro este país!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Em modo manual

por Dora Sofia, em 09.12.13

Gosto de fotografia. Há qualquer coisa mágico numa fotografia, na possibilidade de aprisionar um momento, mas pouco entendo de fotografias, ou melhor, pouco entendo de fotografar. Mas parece que isto de aprender (dizem que sou assim com tudo) é viciante demais. Começas com um aceno de "deixa ver se consigo" e, quando dás por ti, estás a fazer um Mestrado, a pensar em Doutoramento {#emotions_dlg.tongue}{#emotions_dlg.lol}...

 

Estas são as minhas primeiras fotografias em modo manual e apetece-me fotografar tudo à minha volta. Socorro!! São brincadeiras-experiências-tentativas... Só para verem...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Ah! o esquema das bolas é este da Lucy do Attic 24.

 E, já devem ter reparado, podem ver as minhas bolas e estrelas de Natal no nosso pinheirinho tão cheio de Natal.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um pinheirinho tão cheio de Natal

por Dora Sofia, em 08.12.13

E assim se vai construindo, bem devagar, o Natal. 

Começámos com estas pecinhas dos dias sós.

Lembram-se? 

Os dois pequenos artistas da casa juntaram-lhe um toque de cor e inspiração.

 

e fomos ao baú de recordações de todos os anos de Natal (nem imaginam as coisas giras que os miúdos fazem todos os anos, na escola, no ATL, na creche, na catequese..., enfim, baús cheios de renas pintadas, e árvores recicladas, e bolas coloridas).

 

Depois, adiciona-se uns pózinhos de pontos de crochet da mamã...

 

 

 

... e tcharam:

 

 

 

 

Por fim, uma ajuda especial do papá...

 

 

 

 

 

O resultado? Uma árvore de natal fantástica tão nossa!Cheia de "fui eu que fiz!"; "fui eu que fiz!"... 

 

    

  

 

Estavam tão orgulhosos!

E eu também {#emotions_dlg.painatal}!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Primeira estrela que eu vejo...

por Dora Sofia, em 05.12.13

... realiza o meu desejo!

Os dias sabem-me já a Natal. Antecipo sorrisos, surpresas e as filhós da minha mãe acabadinhas de fazer, carregadinhas de açúcar e canela, entre os últimos embrulhos, feitos à pressa, a uma qualquer sua cliente, que veio comprar um par de meias para o tio e um pano de cozinha para a avó... uma delícia de cheiro a Natal no ar...

Pareço uma miúda a contar os dias! 

Foi assim que surgiu esta ideia meio louca, meio minha, de fazer este calendário do advento de coisas de crochet: a ideia é fazer uma pecinha em crochet por cada dia que passa.

Como já vamos adiantados no calendário, aqui ficam as primeiras inspirações natalícias:

 

 

estas estrelinhas coloridas para alegrar a árvore de Natal ou, quem sabe?, fazer uma grinalda toda estrelada, ou, ainda, espalhar sobre a mesa da consoada... huuummm! parece-me tão bem!

 

 

a ideia é da Lucy do Attic24 

com esquema facílimo e viciante:

 

 

4 correntes+ ponto baixíssimo;

3 correntes+14 pontos altos (ou paus)=15 pontos altos+pbaixíssimo;

*ponto baixo+ponto alto no mesmo ponto da carreira anterior/+picô (2correntes +baixíssimo na 1ª)/+ ponto alto+ponto baixo no ponto seguinte da carreira anterior+ponto baixíssimo no ponto seguinte da carreira anterior*

repete-se 4 vezes * , remata-se e já está: uma estrelinha de cinco pontas... 

 

Difícil é parar!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


flores de outono

por Dora Sofia, em 04.12.13

-Ó mãe, faz-me um colar!

 

Tudo começa assim, com pistas para dias felizes...

 

 

 

 

e, depois, a vontade de uma princesa a fazer-se colar de princesa:

 

 

 

 

são as nossas flores de outono, a empurrar o Natal...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Amores. Manhãs de sol, tardes de sol, noites de luar. Cheiro da chuva na terra. Cheiro do vento no mar. Livros. Praia. A vista da minha janela. Lareiras. Conversas.

foto do autor



Instagram

Instagram


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D